Tuesday, March 04, 2008

É mais ou menos assim, Ril, "um feitiço sem farofa"

"São Paulo dá café, Minas dá leite e a Vila Isabel dá samba..."

Se a gente passa reto da Mangueira e faz uma pausa ali naquela faculdade ( acho que a única onde eu AINDA não estudei) que fica de cara para o estádio do Maracanã, a gente já está no perímetro que como eu disse ontem, tanto me agrada.

Num intervalo entre as aulas, para comprar pão, durex ou uns passes eu tenho duas opções: São Cristóvão ou Vila Isabel. É que na Mangueira não tem nada, gente. Sabem um bairro ao mesmo tempo industrial e residencial, cheio de calçadas vazias? Uma desolação.

No começo eu ia a São Cristóvão, mas nunca achava lugar para parar o carro. Um tumulto.

Numa primeira revisita à Vila, na feira de terça de manhã. Um novo mundo se abriu à minha alma ferrenhamente suburbana: na segunda semana o fruteiro já sabia o meu pedido, igualzinho ao padeiro, que funciona ali embaixo do consultório do meu gastro.

E à noite tem cereveja a beça pelas calçadas musicais. E sempre com essa aura meio Cheers, a ilusão de se estar num lugar where everybody knows your name. Com quase todas as facilidades daquelas terras boas da Zona Sul.

Eu acho que eu sou caipora demais para Botafogo ou Copacabana. Começo a ter noção de que a Baixada se esgota para mim mas preciso de acolhimento. E tô achando isso , aos poucos, na Vila Isabel do Noel que , mesmo enfeitada de calçadas musicais, tá longe do circuito turistinha viu, Ril? Por isso você não viu.

E é só falar em samba para a gente começar a rimar pobremente. Melhor passar a bola para a Carol Jr. e para a Ice Ice Baby contarem coisas da terra do Martinho com mais estilo e propriedade porque, dizem, "quem nasce lá na Vila, nem sequer vacila..."

20 comments:

Dani Varanda said...

É bacana ler essas coisas de uma carioca, afinal, aqui em São Paulo eu também tenho os bairros que são "meus" e os outros aos quais não pertenço, ainda que sejam simpáticos. Sou uma habitante da V.Mariana, que cobiça Pinheiros. E se sente em casa em Cerqueira César.

Andrea said...

Pára, Dani! Adoro Vila Mariana. Uma amigão meu me levou num bar que vendia caipirinhas a meio real e depois à casa dele que, apesar de apartamente térreo, tinha varanda ( sem trocadilhos). Difícil explicar o charme de um lugar assim. Acho que a gente acaba gostando mesmo é dos lugares onde foi feliz, seja tomando um porre ou provando uma cereja fresca.

Tem feira livre na Vila Mariana?

Tati said...

menina, é por isso que eu amava tanto o grajaú. tenho uma teoria de que todo recém-saído da zona norte busca o catete ou o flamengo, que são os únicos bairros da zona sul que perservam essa aura de zona norte, que tem quiosque de carne na esquina e padaria onde sabem seu nome.

e só não voltei pra tijuca, onde pelo preço que pago um ap em copa eu pagaria um três quartos, só pela distância do sirviço :-)

Jackie Götzen said...

Então...temo que marcar um blog encontro na Vila!!!!

[ r ê ] said...

adoro esse posts sobre lugares 'não exatamente turísticos' me dá mais vontade de conhecer a cidade;;;

concordo contigo, os lugares que mais gostamos são aqueles onde a gente se sente feliz, seja por uma feira livre mto boa, ou pq crescemos ali...

Bella said...

tb gosto de lá, afinal de contas, estudei naquela faculdade (a única q vc ainda não estudou) e circulei por aquelas bandas por 4 anos.
bjs

thiagottrindade said...

ah, eu adoro essa vila, e como o trabalho do maridom é estudar a tijuca e a floresta, já andei lendo algumas coisas sobre a vila e tijuca que fiquei ainda mais apaixonado : )
PS.: Tô sempre te lendo aqui viu?!, mas nem sempre comentando (quase nunca) heheh, mas sobre a vila eu tinha que me expresssssarrrr... hahaha.
beijos giganteeeeeeeeeeeeeeescos

Dani Varanda said...

Eu cobiço Pinheiros porque quem escolheu a Vila foram meus pais e não eu. Mas há uma região da V.Mariana em que há bares e faculdades e, claro, se você escolher a rua certa para morar, torna-se um grande objeto de desejo.

Sim, tem feira livre por lá. ; )
(só não digo "aqui", porque escrevo do trabalho, Jardim Europa)

Carolina said...

http://www.youtube.com/watch?v=yzsCI0sg9Vk
somos chiques e temos curta-metragem

http://desciclo.pedia.ws/wiki/Rio_de_Janeiro_%28cidade%29
aproveita e olha isso! shorey litrus de tanto rir com a descrição dos bairros.
E mande a de Niterói pros seus amigos que é divertidíssima.

beijos!
e pode comer o yakisoba de R$3,50 no china em frente a uerj que é de confiança. Pra sobremesa, recomendo um homem que fica com a barraquinha vendendo docinhos a R$0,10, ali na esquina da 28 com a rua após o mc donald's, o de nozes tem até gosto de nozes mesmo. um arraso

Carolina said...

Menina, não podia deixar de fora do roteiro coma-bem-e-barato-em-vila-isabel-e-com-sorte-sobreviva o Vila Inn, rodízio de pizza por 7,90, na esquina da 28 com pereira nunes.

Eu adoro e digo que não perde pra nenhuma.
Tem coragem? ^^

Marion said...

Déia, fiquei com vontade de conhecer a Vila Isabe. Aliás, chegamos a passar por lá durante a minah viagem ao Rio? Eu sou meio perdida, fomos para tantos lugares que não assimilei tudo ! risos

Beijos

Andrea said...

Amei todas as sugestões a a Junior já até orquestrou o blogontro, viu, Jackie?

Marion, é pertinho da Mangueira e do Maracanã, mas não dá pra ver do Mirante dona Marta...rsrsrsr

Marion said...

Déia, ahhh... então passamos perto! :)

Ana said...

lembra daquele meu quase-ex-namorado que quebrou a perna? Aquele que a mãe me deu uma bolsa de presente na primeira vez que me viu? Então, ele morava na Vila, ou mora, sei lá. Mas acho que a mãe dele morava na Estácio. Enfim, parecia um lugar legal. Mas eu ainda prefiro Manhattan.

Ana said...

vem cá, a Mangueira não é ali do ladinho de Copacabana, não?

Ril said...

Te odeio! viajei muito neste post! Nao te perdoo por vc nao ter me apresentado Vila Isabel.

Vem ca, vc continua mangueirense ou vai trocar de agremiaçao ano q vem tb

Gileade said...

Quando meu marido finalmente concordar em vendermos nosso apê, já sei para quem oferecer... Estou louca pra voltar pra Botafogo ou Humaitá mas ele nem tchum.

Ice Ice Baby said...

Ih Chuchu, eu nasci pertinho da Vila mas não sou bamba nem tampouco do samba! Sou du-róqui! hahaha

mas a Vila já teve seus dias de glória mesmo...e pra bom bebedor, qualquer pé sujo serve!

bjs chuchu

Adelaide said...

Não tô entendendo nada!!!

Carla San said...

Batalha, eu estudei ali. E foram anos tão bons!..rs...
Minhas melhores notas foram justamente nas matérias: boteco I, Boteco II e Boteco III, ganhei até menção honrosa..rs...
Mulher, vamos marcar outro encontrão do povo da blogsfera?
Saudades.
Bjs